Motorista de ônibus que caiu em ribanceira diz à polícia que não sabia sobre curva na pista

O ônibus saiu da capital paulista e seguia para Três Lagoas (MS) transportando 35 pessoas de cidades da região noroeste paulista e do Mato Grosso do Sul.

Publicado em
Motorista de ônibus que caiu em ribanceira diz à polícia que não sabia sobre curva na pista

O motorista do ônibus que tombou e caiu em uma ribanceira na rodovia Marechal Rondon, em Mirandópolis (SP), afirmou à polícia que não conhecia a pista e que não sabia sobre a curva que havia pela via.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o ônibus saiu da capital paulista e seguia para Três Lagoas (MS) transportando 35 pessoas de cidades da região noroeste paulista e do Mato Grosso do Sul. Depois de deixar alguns passageiros em Mirandópolis, o veículo caiu em uma ribanceira de dez metros de altura. Duas mulheres morreram e 15 pessoas ficaram feridas.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o que teria provocado o acidente. Passageiros que estavam no veículo também serão ouvidos. De acordo com a polícia, o inquérito vai investigar se o motorista estava dirigindo em alta velocidade e se a pista estava molhada por causa do chuva, o que teria feito o ônibus derrapar na pista.

Acidente

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), 18 pessoas estavam dentro do ônibus no momento em que o acidente aconteceu. Além das duas mortes, 15 pessoas ficaram feridas, sendo quatro delas em estado grave.

As mulheres que morreram foram identificadas como Jandira Amadio de Souza, 72 anos, que morava em Guaraçaí, e Fernanda Araújo Brito, 22 anos, de Andradina.

Os corpos ficaram presos no ônibus e foram retirados cinco horas depois do acidente com a ajuda de uma máquina e de guincho da concessionária que administra a rodovia.

Fonte: G1

Deixe um comentário