Homem executado dentro de caminhonete usava documento falso

A vítima, conforme a Polícia Civil, se trata de Alan Fernandes de Souza e pode ter sido assassinada pelo crime organizado.

Publicado em
Homem executado dentro de caminhonete usava documento falso

Segundo investigações do SIG (Setor de Investigações Gerais), Bruno Pereira de Souza, 34 anos, “o Fortaleza", executado dentro da caminhonete que conduzia no último domingo (24) usava nome falso.

O crime aconteceu por volta das 14h, na Rua dos Cedros, no Bairro São João, em Ponta Porã, distante 323 quilômetros de Campo Grande.

A vítima, conforme a Polícia Civil, se trata de Alan Fernandes de Souza. Ele, que era morador de Natal (RN), pode ter sido morto pelo crime organizado que atua na região de fronteira com o Mato Grosso do Sul, segundo o site Porã News.

Os familiares da vítima relataram à polícia que, Alan havia desaparecido de Natal e souberam do caso pelos jornais. Os investigadores tentam descobrir o conteúdo de uma mala que foi retirada do veiculo momentos após a execução da vitima.

Crime - Alan chegava na casa da namorada dirigindo uma Toyota Hilux branca (de placa de Ponta Porã), quando foi surpreendido por pistoleiros num veiculo que dispararam aproximadamente 24 tiros contra o carro da vítima.


Matérias relacionadas ao caso:

Homem é morto com 24 tiros em frente da casa da namorada

Pistoleiros atiraram mais de 20 vezes contra vítima em caminhonete

 

Fonte: Correio do Estado e Porã News

Deixe um comentário