Desempregado é preso pela PM ao roubar R$ 1,7 mil de primos em Andradina (SP)

O dinheiro foi recuperado pela PM e devolvido à vítima.

Publicado em
Desempregado é preso pela PM ao roubar R$ 1,7 mil de primos em Andradina (SP)

ANDRADINA (SP) – A Polícia Militar, através do 28º Batalhão da Polícia Militar, deu uma pronta resposta à sociedade ao prender na noite de terça-feira (05), o desempregado V. E. F., de 29 anos, residente na rua J. A. Carvalho, centro, acusado de roubar R$ 1.710,00 ao render seus dois primos de 67 e 66 anos respectivamente, um deles residente no local dos fatos, na rua Rodrigues Alves, no jardim das Águas. Encaminhado ao plantão policial, foi indiciado por roubo (artigo 157), e recolhido à cadeia de Pereira Barreto. O dinheiro foi recuperado pela PM e devolvido à vítima.

A prisão do acusado, que ainda não tinha passagem criminal pela Polícia (só uma de trânsito por embriaguez), aconteceu durante patrulhamento preventivo de Força Tática por Andradina, quando a equipe formada pelo 1⁰ Sgt PM Alexander, CB PM Richard e CB PM Rezende, foi informada via Copom – Controle de Operações da Polícia Militar, que pela Rua Rodrigues Alves estaria ocorrendo um roubo a residência e que, segundo informações, um indivíduo, encapuzado e portando uma arma branca (faca), teria agarrado a vítima pelo braço, um aposentado de 67 anos e, mediante grave ameaça, forçado a entrada no imóvel. O aposentado lavava seu automóvel no momento em que foi rendido.

Mostrando sua premeditação, o acusado havia passado momentos antes no imóvel e, sem que a vítima percebesse, retirou o cadeado do portão principal da entrada do imóvel. Ao entrar dentro do imóvel, o rapaz ainda rendeu a irmã do aposentado, uma dona de casa de 66 anos, que havia ido até a residência cuidar do pai de ambos, um idoso de 94 anos, que sofre de Alzheimer e tem dificuldades de locomoção.

Os policiais militares solicitaram apoio e, juntamente com o Comando de Atividade Delegada e CGP – Comando de Grupo Patrulha, obedecendo os procedimentos técnicos, desembarcaram das viaturas uma quadra antes e fizeram o deslocamento à pé.

Ao se aproximarem da residência alvo, os policiais militares avistaram o autor saindo pelo portão frontal, utilizando uma touca “balaclava” (touca ninja), de cor preta na cabeça, com uma faca em punho.

Imediatamente o acusado foi avisado que a Polícia Militar estava presente, ordenando que jogasse a faca no chão e se deitasse. Ele obedeceu a ordem policial, se deitando e com as mãos levantadas, sendo detido e preso.

Em busca pessoal no indivíduo foram localizados no bolso de sua blusa de cor preta a quantia de RS 1.710,00, além da faca utilizada no crime, uma arma tipo de caça.

Os policiais em apoio à ocorrência entraram na residência e efetuaram uma varredura na mesma em busca de outros criminosos, nada mais sendo encontrado. Os primeiros policiais a entrarem na casa localizaram as vítimas, um homem e uma mulher (irmãos), muito assustados com a situação, tendo eles informado que apenas um criminoso havia agido na ação.

Em contato com o aposentado de 67 anos, ele declarou que estava lavando seu veiculo, um Fiat Uno, quando foi abordado por um criminoso encapuzado, que anunciou o roubo, portando uma faca, mediante força física e grave ameaça, o levou pelo braço até o interior do imóvel, e a todo momento fazendo ameaças, inclusive para sua irmã.

Após subtrair a quantia em dinheiro, o criminoso se evadiu, ordenando para as vítimas que só saíssem após 30 minutos.

Em contato com a outra vítima, irmã do aposentado e que havia ido na casa para cuidar do pai de ambos, de 94 anos, ela confirmou a versão do irmão, relatando que foi ameaçada de morte e forçada a ficar no quarto.

Questionado a respeito dos fatos, Vinícius admitiu o roubo, declarando saber que naquela casa havia dinheiro, pois era primo das vítimas, sabendo ainda que o homem era aposentado da Cesp, por isso teria uma boa aposentadoria.

Em poder do autor foi localizada uma chave de veículo. Em buscas nas imediações, a aproximadamente 50 metros, encontraram um veículo VW Fox na cor branca, que o acusado usou para chegar até a casa das vítimas; Em buscas no interior do Foz os policiais localizaram os documentos do autor, a bainha da faca e o cadeado do portão da residência que ela havia roubado minutos antes, que teve como objetivo facilitar sua chegada e posterior fuga do local.

Diante dos fatos, da confissão do autor e relatos das vítimas, convictos de Vinicius ter infringido o artigo 157 do Código Penal (CP), lhe foi dada voz de prisão, sendo conduzido ao plantão da Delegacia Seccional de Andradina e apresentado ao Delegado, Dr Marcelo Zompero da Silva, que ratificou a voz de prisão, recolhendo-o à carceragem da cadeia de Pereira Barreto, permanecendo à disposição da justiça.

Foram apreendidos 01 Faca Invictus, 01 Touca Balaclava (touca Ninja), além de RS 1.710,00 e o dinheiro foi restituído às vítimas, que não sofreram lesões.

Apoiaram a ocorrência a equipe formada pelo Cap PM Nascimento e CB PM Chiongna; o CGP 1 – (Comando Grupo Patrulha), com 1⁰ Sgt PM Araújo e CB PM Fernando, além da CB PM Renata (Folga).

Fonte: Informações do site Mil Notícias/Agência

Deixe um comentário