Utilizando tornozeleira eletrônica, traficante é preso no bairro Industrial de Lourdes em Paranaíba (MS)

Durante a abordagem ao traficante, de 24 anos, os policiais constataram que o objeto se tratava de uma trouxinha contendo crack.

Publicado em
Utilizando tornozeleira eletrônica, traficante é preso no bairro Industrial de Lourdes em  Paranaíba (MS)

TRÊS LAGOAS (MS) - Neste sábado (9), por volta das 23h, a Equipe de Força Tática do 13º BPM patrulhava pelo bairro de Lourdes e avistaram um homem que, ao perceber a viatura, jogou um objeto no chão. Durante a abordagem ao traficante, de 24 anos, os policiais constataram que o objeto se tratava de uma trouxinha contendo crack.

O indivíduo alegou ser usuário e disse que deixou um boné na “boca de fumo”, como forma de pagamento. Os policiais foram até o local onde o homem comprou a droga e lá encontraram o morador, homem de 51 anos, de frente à residência e foi percebido pelos policiais que ele estava com uma tornozeleira eletrônica devido ter cometido tráfico de drogas em outra ocasião.

O indivíduo confessou que o usuário abordado há pouco teria saído de sua casa e também acabou declarando que voltou a traficar drogas. Os policiais encontraram no interior da residência encima do sofá na sala, uma garrafinha plástica contendo 27 trouxinhas de crack, um prato com resquícios da mesma substância e no chão, pedaços de sacolas plásticas utilizadas para embalar a droga, também foi localizado homiziado na lateral do sofá uma embalagem de crack, a qual ainda não havia sido fragmentada para a comercialização.

Ainda sobre o sofá foi encontrado a quantia de R$ 132,5 em várias cédulas e diversos valores, também foi encontrado o referido boné, que havia sido utilizado na transação da droga entre o sujeito abordado na rua. No quarto foi encontrado ainda, uma televisão de 32 polegadas e um celular, da marca Samsung J5, de cor preto, objetos os quais o sujeito não apresentou nota fiscal e não soube informar a origem lícita dos produtos. Diante desses fatos, o sujeito foi preso e juntamente com os produtos descritos acima foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil para a tomada das medidas cabíveis.

 

Fonte:

Deixe um comentário