Ilha Solteira implanta “drive-thru” para que idosos não precisem ir até as unidades para serem vacinados contra a gripe

Os idosos, também alvo dessa primeira fase da campanha

Publicado em
Ilha Solteira implanta “drive-thru” para que idosos não precisem ir até as unidades para serem vacinados contra a gripe

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou o chamado “drive-thru”, que está levando vacinas contra a gripe até as casas de idosos e acamados. Não é preciso agendamento e todos serão visitados até o fim da campanha.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começou nesta segunda-feira (23). A Secretaria de Saúde priorizou a imunização dos profissionais de saúde, que formam a linha de frente de combate a pandemia do Coronavírus (COVID-19) em Ilha Solteira.

Já os idosos, também alvo dessa primeira fase da campanha, serão vacinados nesse chamado “drive-thru”, para que os idosos não precisem ir até as unidades de saúde para se vacinarem contra a gripe. Com isso, evita-se aglomeração e o contato com outras pessoas, contribuindo com o combate ao Coronavírus.

A Secretaria de Saúde informa que não é preciso agendar a visita dos agentes de saúde. Até o fim da campanha, todos os idosos serão visitados e imunizados.

A vacina contra a gripe não protege contra o Coronavírus, mas, sim, contra tipos de influenza (família à qual pertence o H1N1, por exemplo). E, justamente por isso, pode ajudar profissionais de saúde a diagnosticar – por eliminação – eventuais casos de Covid-19. Isso porque essas doenças contempladas pela vacina serão descartadas na triagem de pacientes que chegarem às unidades de saúde com sintomas gripais e informarem já ter sido imunizados.

O Ministério da Saúde destaca a importância de ampliar a cobertura vacinal e que a vacina é uma das medidas mais importantes para a prevenção de doenças. “As influenzas A e B são mais comuns que o Coronavírus e a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe diminui a situação endêmica dos vírus respiratórios no país, por isso é tão importante que as pessoas que fazem parte do público-alvo da campanha procurem uma unidade de saúde", informou.


Outros grupos – Idosos e profissionais de saúde seguem sendo vacinados até 15 de abril. A partir do dia 16, o público-alvo é ampliado para professores, profissionais das forças de segurança e salvamento e pacientes com doenças crônicas (hipertensão, diabetes, asma…). A partir do dia 9 de maio, serão imunizadas crianças de seis meses a menores de seis anos incompletos, pessoas entre 55 e 60 anos incompletos, gestantes, puérperas, indígenas e presos.

O Dia D acontecerá em 9 de maio, quando os postos de saúde oferecerão a vacina para todo o público-alvo.

O modelo de vacinação dos demais grupos será divulgado posteriormente, quando começar a imunização de cada um.

Fonte: Ilha de Notícias

00

Deixe um comentário