Morador de rua em São Paulo procura filhos em MS e mobiliza internautas

Rosevaldo se comunica bem quando não está sobre o efeito de álcool, mas não explicou como foi parar nas ruas e o motivo do distanciamento de outros familiares

Publicado em
Morador de rua em São Paulo procura filhos em MS e mobiliza internautas

SÃO PAULO (SP) - Uma mobilização pelo Facebook e que já conta com mais de 28 mil compartilhamentos tenta localizar os filhos de um morador de rua em São Paulo e que, segundo ele, vivem em Mato Grosso do Sul.

Foi há cerca de três semanas que o destino de Rosevaldo Cury de Oliveira, 42 anos, cruzou com o do gerente comercial Bruno Luis Leibholz, 36, e que também é responsável pela ONG (Organização Não Governamental) "Dando Sopa", que ampara moradores de rua pelas regiões do bairro Ipiranga, na Capital Paulista.

Mesmo sem detalhar pelo menos uma cidade no Estado para referência quanto a busca, Rosevaldo deixa claro que seu maior desejo é encontrar o casal de filhos Emily Victoria Cury de oliveira e Guilherme Cury de oliveira.

"Ele contou apenas que há cerca de três anos a ex-mulher teria mudado o número de telefone e desde então, ele perdeu completamente o contato com os filhos. Mas ele confirma que eles vivem em M", conta Bruno.

Ainda segundo o rapaz, apesar da situação vulnerável, Rosevaldo se comunica bem quando não está sobre o efeito de álcool, mas não explicou como foi parar nas ruas e o motivo do distanciamento de outros familiares.

Toda as quintas-feiras os parceiros da ONG atendem cerca de 70 moradores de rua pelo bairro, entregando alimentos, roupas e cobertores. "Essa semana vamos tentar encontrar ele novamente para pegar mais detalhes sobre os seus filhos e até sobre a vida dele", conclui.

No Facebook, até a publicação da reportagem a postagem feita por Bruno sobre a história de Rosevaldo conta com pouco mais de 28 mil compartilhamentos e cerca de 1,7 mil comentários de internautas, não só do estado de São Paulo, mas também de cidades do interior de Mato Grosso do Sul.

Quem souber sobre o paradeiro dos filhos ou qualquer outro familiar de Rosevaldo pode fazer contato pelos números (67) 99687-7598 ou (67) 9955-2040.

Fonte: Campo Grande News

Deixe um comentário