Hora do Planeta com pedalada e monumentos apagados na Capital

Capital é adepta da campanha globa há 10 anos.

Publicado em
Hora do Planeta com pedalada e monumentos apagados na Capital

Além da tradicional atitude de apagar a luz dos principais monumentos por uma hora, a campanha Hora do Planeta será realizada neste sábado em Campo Grande acompanhada de pedalada noturna. Desde 2009, a Capital é adepta da iniciativa global. O principal objetivo é convidar as pessoas a refletirem sobre a sua realação com o meio ambiente. 

Conforme a diretora-presidente da Planurb (Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb), Berenice Domingues, as ações inclusas na programação visam intensificar a conscientização dos moradores. “Desta vez, estamos convidando os ciclistas de todas as idades para pedalarem com frases e figuras pintadas, com a finalidade de atenção da população para as causas ambientais, em especial as mudanças climáticas”.

Com apoio do WWF-Brasil, a prefeitura irá apagar as luzes dos seguintes monumentos: Maria Fumaça, Obelisco, Praça Pantaneira e Praça Esportiva Belmar Fidalgo. O percurso é de aproximadamente 3,5 quilômetros.

O evento, aberto ao público, acontece, das 20h30 às 21h30, e tem como ponto de encontro a Maria Fumaça, na Orla Ferroviária da cidade. 

DICAS 

Para quem não tiver a própria bicicleta, parceiros locais fornecerão bikes para aluguel ao custo de R$ 15 cada (chegue um pouco antes para garantir a sua). Se você tem patins ou similar, está valendo também! 

O que levar:

- Garrafinha com Água
- Sinalizadores nas Bikes
- Capacete
- Luva
- Lanterna

Para quem também quiser aderir à Hora do Planeta 2019, basta entrar no site oficial da campanha e baixar o Guia do Participante Hora do Planeta, com sugestões de ações individuais, institucionais ou coletivas. Você também pode checar no mapa eventos abertos ao público e cidades já engajadas.

“Por uma hora convidamos as pessoas para refletirem sobre os impactos que as ações do dia a dia, seja na alimentação, descarte de resíduos, transporte ou fontes de energia usadas, causam no meio ambiente. É importante pensarmos a respeito disso e mudarmos nossos hábitos, tornando-os cada vez mais sustentáveis”, comenta Taís Meireles, uma das líderes da Hora do Planeta no WWF-Brasil.

Fonte: Campo Grande News

Deixe um comentário