Homem que causou acidente com morte em Costa Rica e fugiu é preso em SP

Com apoio operacional e de inteligência da Polícia Militar de Costa Rica, apurou-se que o foragido da Justiça paulista havia retornado ao Estado de São Paulo

Publicado em
Homem que causou acidente com morte em Costa Rica e fugiu é preso em SP

Ação conjunta entre as polícias Civil e Militar de Mato Grosso do Sul e São Paulo terminou na prisão de um homem de 28 anos, foragido da justiça após causar acidente com morte, em Costa Rica.

Segundo o delegado Alexandro Mendes de Araújo, por volta das 16:30hs do dia 07 de novembro de 2019, na rodovia BR-359, próximo ao Posto Baús, uma colisão de trânsito envolvendo um Hyundai Tucsom e um Toyota Etios, provocou a morte de Mário José Wammes Wilchen, de 49 anos, que estava no Etios.

No local, Policiais Civis e Militares de Costa Rica e da PRF (Polícia Rodoviária Federal) apuraram que o veículo Tucson vinha de Cuiabá (MT), tinha como destino Guarulhos (SP) e que havia três ocupantes no automóvel no momento do acidente.

Todavia, no momento do atendimento policial à ocorrência um dos ocupantes havia tomado rumo ignorado e os demais, V.J.B, de 37 anos, e R.R.C., de 22 anos, estavam nervosos e não apresentaram justificativa plausível para o sumiço do outro ocupante do veículo no momento do acidente.

O fato chamou atenção dos agentes do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Costa Rica, que apuraram a identidade do desaparecido como sendo A.B.O., 28 anos e que em desfavor dele pesava mandado judicial de prisão, expedido pela Justiça de São Paulo.

Com apoio operacional e de inteligência da Polícia Militar de Costa Rica, apurou-se que o foragido da Justiça paulista havia retornado ao Estado de São Paulo e o provável endereço onde poderia ser encontrado, na cidade de Guarulhos.

Os levantamentos realizados pela Polícia Sul-mato-grossense, Civil e Militar, foram compartilhados com as Polícias Paulistas (PC e PM) que acionaram as diligências de seguimento para prender o foragido por Assalto Majorado Pelo concurso de agentes e emprego de arma.

“Graças ao compartilhamento interinstitucional (PC e PM) e interestadual (MS e SP), na manhã desta terça-feira, 03 de dezembro de 2019, Policiais da ROTA PM/SP colocaram fim à caçada e cumpriram o mandado judicial de prisão contra assaltante condenado pela Justiça. Ele aguardará preso manifestação do Poder Judiciário Paulista”, afirmou o delegado.

 

Fonte: O Correio News

Deixe um comentário