Estudantes voltam às ruas de Ilha Solteira para novo ato em defesa da educação

No último dia 15, centenas de estudantes da UNESP e do Instituto Federal de Ilha Solteira

Publicado em
Estudantes voltam às ruas de Ilha Solteira para novo ato em defesa da educação

Estudantes voltam às ruas de Ilha Solteira-SP, distante 60 Km de Três Lagoas, nesta quinta-feira (30), a partir das 16h00, para mais um ato em resposta ao contingenciamento bilionário na educação, feito pelo governo Bolsonaro. Atos semelhantes estarão acontecendo em várias parte do país.

As manifestações ocorrem contra o contingenciamento pelo Ministério da Educação de, pelo menos, R$ 2,4 bilhões para investimentos em programas do ensino infantil ao médio; e o bloqueio R$ 2,2 bilhões nas verbas discricionárias das universidades e institutos federais. Os números foram revelados pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior.

No último dia 15, centenas de estudantes da UNESP e do Instituto Federal de Ilha Solteira foram às ruas, em protesto contra o contingenciamento. Eles fizeram uma passeata pela Avenida Brasil e um ato na Praça dos Paiaguás.

Nesta quinta-feira, de acordo com o Diretório Acadêmico da UNESP, que organiza o ato em Ilha Solteira, a concentração acontecerá às 16h00, na escola Urubupungá. De lá, os manifestantes seguirão em passeata até a Praça dos Paiaguás, onde acontecerá uma aula pública, onde serão abordados temas como cortes na educação, reforma da previdência, movimento estudantil e políticas ambientais.

Fonte: Ilha de Notícias

Deixe um comentário