Estudantes invadem sede da UFMS no interior em protesto contra Temer

na manhã desta quarta-feira

Publicado em
Estudantes invadem sede da UFMS no interior em protesto contra Temer
Alunos da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), de Três Lagoas, invadiram na manhã desta quarta-feira (2) salas dos campus dois da instituição. O movimento é contra medidas recentes do governo de Michel Temer (PMDB), como a PEC 241, medida que limita os gastos públicos, e a reforma do Ensino Médio, também em apoio à luta secundarista e estudantes universitários que estão ocupando escolas e faculdades em todo o país. Conforme postagem na rede social Facebook Movimento Estudantil 28DM, os alunos estão solicitando apoio. Há faixas em frente aos portões da universidade, mas não foi divulgado quantos alunos estão no local. A reportagem do Campo Grande News tentou entrar em contato com os alunos que estão na universidade, mas eles não quiseram dar entrevistas. A assessoria de imprensa da UFMS alegou não saber da ocupação, já que hoje é feriado e mais informações serão repassadas apenas na quinta-feira (3). É o segundo caso de universidade invadida em protesto de estudantes recentemente no Estado, além da escola no assentamento Nova Itamarati, no distrito de mesmo nome, em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai. No caso das escolas, as invasões terminaram na semana passada. Em Paranaíba, a 422 km de Campo Grande, a invasão do campus da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) obrigou o governo federal a adiar a aplicação da prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que seria aplicado nas dependências da instituição a 488 inscritos.

Fonte:

Deixe um comentário