Em cirurgia inédita em MS, dedo indicador vira polegar na mão de criança

O procedimento vai permitir que o garotinho faça o movimento de pinça, essencial para pegar e segurar objetos, além de escrever

Publicado em
Em cirurgia inédita em MS, dedo indicador vira polegar na mão de criança

Em cirurgia realizada pela primeira vez em Mato Grosso do Sul, um paciente de 4 anos teve o dedo indicador transformado em polegar. O procedimento, chamado de policização do indicador, vai permitir que o garotinho faça o movimento de pinça, essencial para pegar e segurar objetos, além de escrever.

A cirurgia inédita vai garantir que o menino, que nasceu com a deformidade, recupere 70% dos movimentos da mão, embora continue com quatro dedos. No reino animal, somente os primatas (humanos, macacos, lêmures) possuem o “dedão”, que durante o processo evolutivo tornou estes mamíferos capazes de habilidades únicas.

A operação, comandada pelo médico ortopedista Felipe Roth, foi realizada na Santa Casa no sábado (11) e durou cerca de três horas. O procedimento consiste em transplantar o dedo indicar com tendões, ossos, músculos e sistemas de vascularização e inervação para a posição do polegar.

A criança teve alta nesta segunda-feira (13) e precisará usar uma órtese (aparelho de imobilização) por até oito semanas. Depois, passará a fazer fisioterapia e terapia ocupacional para recuperar as funções motoras dos dedos. Serão ao todo 4 meses de acompanhamento.

Além de Roth, participaram da cirurgia os ortopedistas Ana Tereza de Alcântara e Celso Hirakawa, a instrumentador Cassiana de Quadros, além da equipe de enfermagem e demais profissionais do centro cirúrgico.

 

Fonte: Campo Grande News

Deixe um comentário