Covid-19 não poupa nem bebê de 1 ano em Três Lagoas

Três Lagoas tem mais da metade dos casos da Capital e ritmo de confirmações é tão rápido que até SES não consegue acompanhar

Publicado em
Covid-19 não poupa nem bebê de 1 ano em Três Lagoas

Com sete novos casos de coronavírus confirmados nesta quinta-feira, o município de Três Lagoas registra mais da metade dos diagnósticos da Capital, responsável por concentrar o maior número de pessoas com covid-19. Bebê de 1 ano está entre as vítimas.

No município, que faz divisa com o estado de São Paulo, epicentro da doença no Brasil, a marca atingida hoje foi de 91 confirmações, sendo três mortes. Na Capital, os diagnósticos chegaram a 167, com quatro mortes, conforme boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Aliás, o ritmo de confirmações no município com a terceira maior incidência do Estado, é tão rápido, que nem mesmo a SES consegue acompanhar. O boletim estadual ainda registrava pela manhã 77 casos, enquanto os números de ontem da prefeitura já davam conta de 84 confirmações.

Além dos 91 casos confirmados, há ainda 60 caso em investigação. Nenhum novo paciente finalizou quarentena, por isso, mantem o número de 56 recuperados.

Os casos confirmados são: mulher de 31 anos, homem de 31 anos, homem de 48 anos, todos esses sem vínculo com caso confirmado; homem de 47 anos, mulher de 25 anos e uma criança de 01 ano, que tiveram contato com casos confirmados. O último confirmado do dia foi um homem de 62 anos sem vínculo com outro caso.

No hospital estão três pacientes, todos em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pública, sendo um caso suspeito e dois confirmados, um de Brasilândia e outro de Três Lagoas.

No Estado, mais de 452 pessoas foram diagnosticadas com a covid-19 , sendo que 14 morreram. O último óbito foi registrado hoje e a vítima foi um paciente de 38 anos que estava internado no Hospital da Unimed. 

Fonte: Campo Grande News

00

Deixe um comentário