Apicultura em MS deve se expandir com regulamentação de produtos de abelhas e derivados

O chamado Selo Arte será válido a partir do dia 1° de outubro.

Publicado em
Apicultura em MS deve se expandir com regulamentação de produtos de abelhas e derivados

A regulamentação de produtos provenientes de abelhas e seus derivados deve expandir o mercado da apicultura em Mato Grosso do Sul. O chamado Selo Arte será válido a partir do dia 1° de outubro.

O motivo é que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento publicou a portaria nº 289, de 13 de setembro de 2021, no diário oficial da união, regulamentando a produção artesanal dos produtos de origem animal na apicultura.

“O Selo Arte permitirá que os produtos provenientes de abelhas e seus derivados, que são produzidos de forma artesanal e tradicional, sejam regulamentados. É uma ótima oportunidade para os apicultores e meliponicultores de Mato Grosso do Sul de expandir os mercados e agregar valor aos seus produtos”, avalia Fernanda Oliveira, analista técnica do Sistema Famasul


Conforme o Mapa, os produtos artesanais de abelhas Apis mellifera e de abelhas nativas sem ferrão se encaixam no regulamento.  

O uso de ingredientes industrializados deve ser restrito ao mínimo necessário, sendo vedada a utilização de corantes, aromatizantes e outros aditivos considerados cosméticos.

As técnicas e os utensílios adotados que influenciem ou determinem a qualidade e a natureza do produto final devem ser predominantemente manuais em qualquer fase do processo produtivo.  

Fonte:

Deixe um comentário