Alunos fazem manifestação neste sábado (13) contra o reordenamento de turmas na Rede Estadual de Três Lagoas

O protesto contra a transferência dos alunos do período noturno será realizado na Praça Senador "Ramez Tebet" a partir das 09h.

Publicado em
Alunos fazem manifestação neste sábado (13) contra o reordenamento de turmas na Rede Estadual de Três Lagoas

TRÊS LAGOAS (MS) – Em virtude do novo processo de reordenamento determinado pela Secretaria de Educação do Estado, que acontecerá no próximo dia 17 de julho, início do segundo semestre, alunos da Escola Estadual Fernando Corrêa, estão convocando outros alunos que estejam na mesma situação e a população para realizarem no sábado (13), a partir das 09h, na Praça Senador Ramez Tebet, uma manifestação pela permanência desses alunos, do período noturno, na escola atual até o final do ano letivo.

De acordo com informações, mais de 210 alunos, entre alunos da Escola Fernando Corrêa, localizada na região Central, e da Escola Estadual Prof. Luiz Lopes de Carvalho, localizada no bairro Jardim das Oliveiras, serão remanejados para a Escola Dom Aquino Corrêa, localizada no bairro Santos Dumont.

Em conversa com alunos e responsáveis, ambos se monstram inconformados com as transferências impostas pela Secretaria de Educação, uma vez que não tiveram a opção de escolha como sempre é realizado no fim de cada período letivo.

Relatam ainda que muitos alunos serão prejudicados, pois muitos não têm veículo ou meios para se deslocarem para o novo local.

Assim, pedem a colaboração da população para que essa transferência seja adiada momentaneamente, pelo menos até o final do ano letivo.

Frente ao descontentamento dos alunos e dos pais, entramos primeiramente em contato com a Diretora da Escola Fernando Corrêa Sônia Maria Teresinha Barbosa para confirmarmos as informações, mas a diretora nos informou que não tinha permissão para comentar sobre a transferência dos alunos do período noturno.

Diante da negativa, entramos em contato com a assessoria da Secretaria de Educação do Governo do Estado e uma nota de esclarecimento sobre esse processo de reordenamento foi dado através de uma nota, que segue abaixo:

"Desde 2015, a Rede Estadual de Ensino (REE) passa por um processo de reordenamento, motivado pela diminuição do total de estudantes matriculados nos últimos dez anos. Entre 2010 e 2018, esse número atingiu o quantitativo de 40 mil estudantes a menos em todas as etapas ofertadas pela REE.

Em função desse número, o processo de reordenamento consiste na transferência da oferta de determinadas turmas para outras unidades escolares, em localidades próximas, sempre com o objetivo de minimizar o impacto para os estudantes.

Salientamos que este processo segue em curso e que todas as medidas serão comunicadas pela Secretaria de Estado de Educação (SED) e também pelos canais do Governo do Estado."

A Secretaria de Estado da Educação (SED), no início do ano, já havia pontuado sobre o reordenamento e ilustrado que a principal causa era devido à diminuição de alunos, corte de gastos e, reorganização do ensino médio para a implantação das mudanças da reforma realizada pelo Governo Federal em 2018.

Ainda declarou que durante o processo além de transferências, o fechamento de escolas da Rede Estadual de Ensino (REE) não estaria descartado.

"No final de 2018 e início de 2019, houve um reordenamento em algumas escolas em Três Lagoas. Nesse primeiro momento foi encerrada a "oferta" do primeiro ano do ensino fundamental e o encerramento em algumas turmas nas escolas do município", relatou o assessor de comunicação Marcus Vinícius Espíndola.

"Todas essas mudanças no ensino estadual de MS estão sendo realizadas em cumprimento da lei federal. Com as mudanças, o estado passará a oferecer apenas o ensino fundamental II e o ensino médio. O fundamental I e o ensino infantil ficará a cargo do município. Todo esse processo visa redirecionar os recursos e priorizar a melhoria na qualidade do ensino ofertado pelo Governo"
— Secretária Estadual da Educação Maria Cecília Amendola da Motta

A assessoria informou que a decisão da transferência de algumas turmas do município foi tomada mediante uma prévia avaliação das escolas e, a principal preocupação da SED foi centralizar e manter a qualidade da oferta dos atendimentos para esses alunos. E estima que o impacto será menor do que a reordenação realizada no início do ano.

Salientam ainda que pais ou responsáveis que têm o interesse em mudar seus filhos de escola, a SED está disponibilizando o procedimento via Central de Matrículas da REE pelo 0800-647-0028 (ligação gratuita), de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30. Ou realizarem as solicitações pelo site do Portal da Matrícula Digital no link www.matriculadigital.ms.gov.br

 

Fonte: Da redação con informações da assessoria da Secretaria de Estado de Educação e Correio do Estado

Deixe um comentário