Simone ameaça sair do MDB: ‘partido virou fiador da corrupção’

Simone Tebet ocupa a presidência da Comissão de Constituição e Justiça da Casa Alta

Publicado em
Simone ameaça sair do MDB: ‘partido virou fiador da corrupção’

A senadora de Três Lagoas, Simone Tebet afirmou, nesta segunda-feira (11), que pode deixar o MDB. A parlamentar por Mato Grosso do Sul fez duras críticas à legenda e disse que o partido ”virou fiador da corrupção”.

“[O MDB] fugiu dos seus ideais, rasgou a sua história e acabou sendo fiador deste descalabro que virou a política no Brasil, no que se refere à corrupção e à má gestão”, disse Simone à Revista Congresso em Foco.

Hoje Tebet ocupa a presidência da Comissão de Constituição e Justiça da Casa Alta. Ela destacou que o país assiste ao debate acalorado entre extremos e que não tem dúvidas que o país precisa encontrar uma saída que fuja desses pólos e caminhe para o centro.

”Eu sou uma ativa militante de que a convergência política é o melhor caminho sempre. Sei que numa democracia a convergência política só se dá por um caminho, que é o caminho do centro. E, hoje, nós não temos mais um centro democrático porque nós não temos mais um grande partido de centro. Não existe democracia forte sem um grande partido de centro”, refletiu a senadora.

Especificamente sobre o MDB, a senadora destaca a importância da legenda, mas que fugiu de seus ideais.

”…passou a ser um partido de parlamentares e não um partido de presidenciáveis. Passou a estar sempre no governo independentemente de que governo fosse. Estar sempre na janela. Tendo como base um presidencialismo de coalizão muito distorcido. Se perdeu. Fugiu dos seus ideais, rasgou a sua história e acabou sendo fiador deste descalabro que virou a política no Brasil, no que se refere à corrupção e à má gestão”, criticou a presidente da CCJ.

Fonte: TopMidia

Deixe um comentário