Prefeitura divulga nota sobre estupro em Casa de Acolhimento

Nota oficial foi divulgada por volta das 11h pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS).

Publicado em
Prefeitura divulga nota sobre estupro em Casa de Acolhimento

Por volta das 11 horas dessa manhã, quarta feira (20), a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, divulgou nota oficial se pronunciando sobre denúncia realizada pelo vereador Davis Martinelli do Partido Republicano da Ordem Social (PROS). Denúncia foi feita ontem por meio do pequeno expediente da sessão ordinária na Câmara Municipal de Três Lagoas.

Segundo o vereador, uma criança teria sido estuprada dentro de uma casa de acolhimento do município. A noticia foi veículada pela Rádio Caçula e você pode saber mais sobre o caso clicando aqui

Segue nota oficial, na íntegra:

"Diante das notícias veiculadas sobre a suspeita de abuso sexual em uma unidade de acolhimento, a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) de Três Lagoas esclarece que o protocolo das casas que moram crianças acolhidas para qualquer fato que ocorrer, o procedimento inicial é encaminhar à Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

Dessa forma, todas as medidas adotadas foram em razão do cuidado da integridade da criança e em nenhum momento houve a tentativa de omissão dos fatos. Tanto é verdade que a criança foi imediatamente encaminhada à UPA. Vale saber que todos os procedimentos adotados pela SMAS no caso foram apresentados ao Ministério Público e ao Poder Judiciário.

É preciso esclarecer também que a suspeita de abuso envolve crianças, na faixa etária de 7 e 9 anos , vítima e suspeito, que estão acolhidos em um lar para menores de 0 a 12 anos. Uma outra casa abriga adolescentes de 13 a 18 anos. A divisão por faixa etária foi uma iniciativa, inclusive, da atual gestão. Por fim, a Secretaria Municipal de Assistência Social informa que trabalha em favor da proteção e cuidado de crianças e adolescentes e, por isso, não tem motivos para coadunar com irregularidades.

Esse foi o pronunciamento feito pelo município, para esclarecimentos da população, em relação ao caso que teria acontecido na semana passada e foi divulgado pelo vereador na sessão ordinária desta terça feira 19 de março de 2019.

Fonte: Rádio Caçula

Deixe um comentário