Confusão entre vizinhas de apartamento vira caso de polícia em Três Lagoas

O marido de uma das vizinhas chegou a arremessar uma cadeira em meio à pelo menos oito pessoas que estavam no local

Publicado em
Confusão entre vizinhas de apartamento vira caso de polícia em Três Lagoas

Uma discussão entre vizinhas de apartamento localizado no Condomínio Arara no Residencial Novo Oeste virou caso de polícia na noite deste sábado (9) em Três Lagoas.

A confusão começou quando o filho de uma mulher que está em depressão tentou contra sua própria vida se pendurando com uma espécie de ’Tereza’ envolto ao pescoço, a partir da janela do primeiro piso de seu apartamento.

Conforme o registro policial, o atentado contra a vida não se consumou, contudo, quando pendurado tocou os pés algumas vezes na janela do quarto da vizinha.

Neste momento, o marido da vizinha teria dito que devido ao susto iria meter bala ou dar uma facada, não se referindo em especificamente a quem. A mãe do rapaz tomando conhecimento do comentário a partir da sacada do seu apartamento discutiu com o homem.

A esposa interferiu na discussão com o marido, considerando a postura alterada da vizinha, e ambas passaram a bater boca. O homem arremessou em meio à pelo menos oito pessoas, uma cadeira de plástico. A vizinha colocou a mão como forma de proteção e conseguiu evitar que atingisse uma das crianças que estava no local.

Posteriormente, a vizinha também arremessou um copo de plástico que atingiu uma criança de apenas nove anos, mas não causou lesão. As vizinhas continuaram com a confusão até a chegada da equipe policial e foram encaminhas a Depac.

Fonte: Hojemais.com.br

Deixe um comentário