Assessor de Comunicação presta serviços à imobiliária durante o horário de trabalho da Prefeitura

denúncia

Publicado em
Assessor de Comunicação presta serviços à imobiliária durante o horário de trabalho da Prefeitura
"Flexibilidade de horário." Com essa frase, o coordenador do Departamento de Comunicação da Prefeitura de Três Lagoas justificou sua ausência do local de trabalho público na manhã desta segunda-feira (6). Depois de denúncia encaminhada á redação, a equipe de jornalismo confirmou a veracidade da informação, dirigindo-se até a uma imobiliária da cidade, onde o assessor de comunicação Carlos Roberto da Silva estaria prestando serviço naquele local ao invés de desempenhar sua função pública, no horário das 7h às 13hs, durante o horário normal de expediente da Prefeitura Municipal. Confirmada sua presença no estabelecimento do ramo imobiliário, o servidor recebeu a equipe de reportagem, se apresentando como publicitário, consultor e responsável pelo Departamento de Comunicação da Prefeitura. Questionado sobre os motivos de sua presença na imobiliária ao invés de estar prestando serviços na Prefeitura Municipal de Três Lagoas em seu cargo comissionado, Silva justificou a atitude dizendo. "Não tenho nenhuma outra função. Tenho relacionamento com a proprietária da imobiliária e por isso tenho colaborado em planejamento, marketing e consultoria para a empresa." O servidor ainda reiterou sobre o seu horário de trabalho na prefeitura. "O Departamento de comunicação funciona de segunda a sexta, todos os dias, das 7 às 13h. O acompanhamento prioritário é voltado para a chefe do executivo, mas a equipe se encontra nos eventos necessários. O trabalho não se limita a isso, mas em qualquer evento que envolva a prefeita ou secretários do município", falou. O entrevistado também argumentou que devido ao volume de trabalhos em seu departamento é preciso haver essa "flexibilidade" no horário dos serviços. "O Departamento de Comunicação fica aberto, mas hoje necessariamente terei reunião às 14h com os secretários, então houve essa ‘flexibilidade’ do horário. Antecipei o meu almoço para atender o compromisso dessa reunião. O trabalho da assessoria de comunicação não se restringe ao horário das 7 às 13h. Essa ‘flexibilidade’ é motivada para atender à Secretaria de Comunicação, conciliando as agendas de acordo com as necessidades e demandas da prefeitura", disse. Perguntado se sua ausência do órgão naquele período era legal, o servidor demorou um pouco para responder, mas argumentou que "estou aqui para uma demanda específica, mas o horário normal é estar lá, de segunda a sexta, neste horário", admitiu. Sobre se a prefeitura sabia dessa ‘demanda específica’, o funcionário público justificou afirmando que sua presença ali "coincidiu com demanda pessoal, especificamente, então vim até o banco (agência bancária) e passei aqui... Mas se forem ao departamento vão me encontrar lá (?). Hoje excepcionalmente estou aqui, mas todos os dias vocês vão me encontrar lá com certeza porque é necessário estar lá..." mencionou. Carlos Roberto da Silva também foi inquirido se sua ausência não prejudicaria o andamento dos trabalhos da sua pasta. "Não atrapalha, tem sempre alguém lá pra atender, hoje antecipei o horário de almoço. Mas toda equipe está lá. Estamos sempre conversando de forma online, via WattsApp", confirmou. Sobre o horário que chegou na imobiliária naquele dia, o assessor pensou um pouco e respondeu: "Por volta das 11 horas da manhã." Ele só não esclareceu se o horário de trabalho sendo corrido das 07h às 13h como saiu para almoço. A nossa reportagem ainda abriu a oportunidade para que o assessor acrescentasse algo a mais sobre o assunto, no que respondeu que "o papel fundamental da comunicação é promover, divulgar e atender todos os veículos de comunicação da cidade e principalmente promover e divulgar as ações da administração atual" encerrou.

Fonte:

Deixe um comentário