Funcionários da Suzano não aderem à paralisação decretada pelo sindicato da categoria

O sindicato havia decretado a paralisação alegando falta de negociações com a empresa

Publicado em
Funcionários da Suzano não aderem à paralisação decretada pelo sindicato da categoria

TRÊS LAGOAS (MS) – Através de uma nota encaminhada à imprensa na manhã desta terça-feira (15), a empresa de papel e celulose Suzano informa que não houve adesão dos trabalhadores florestais da unidade de Três Lagoas (MS) à paralisação decretada pelo sindicato da categoria. As operações em Mato Grosso do Sul seguem normalmente.

O sindicato havia decretado a paralisação alegando falta de negociações com a empresa.

Conforme o ofício enviado pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados, a entidade teria apresentado negociações do Acordo Coletivo de Trabalho, que já penduram 7 meses. No entanto, segundo a empresa, a paralisação não teve adesão dos trabalhadores de Três Lagoas.

A Suzano esclareceu que atua com total transparência junto aos colaboradores e mantém rigoroso cumprimento da Legislação Trabalhista e do Acordo Coletivo em vigência.

Mesmo com a pandemia da Covid-19 e a consequente crise econômica mundial, a Suzano segue mantendo suas operações e afirma na nota oferecer todas as condições de saúde e segurança para seus colaboradores.

A empresa também apontou que tem garantido os postos de trabalhos em suas unidades sem nenhuma redução salarial e que está sempre aberta ao diálogo.

Segundo a nota, a empresa teria apresentado uma proposta para fechamento do acordo muito superior à média do mercado. Afirmou ainda que mantém um canal de negociação aberto com o sindicato e informa que as negociações sindicais ainda estão em andamento.

Fonte: Da Redação

Deixe um comentário