05/12/2018 09h46 - Atualizado em 05/12/2018 09h46

Secretaria apura se morte de garoto de 13 anos é a 1ª por dengue em MS


Por:Campo Grande News
 

Um adolescente de 13 anos morreu com sintomas de dengue nesta terça-feira (4), no Hospital Auxiliadora, em Três Lagoas.

Conforme a assessoria de imprensa da unidade, o paciente deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e devido a gravidade transferido ao Hospital Auxiliadora na tarde de segunda-feira (3).

Em nota, segundo o hospital, o paciente foi atendido pela equipe de assistência médica e enfermagem, foi medicado e realizou exames. Porém, houve piora do quadro clínico do paciente, que morreu às 8h30 de ontem. De janeiro até agora, Três Lagoas confirmou 300 casos da doença e fez 1.201 notificações.

Conforme a assessoria de imprensa da SES (Secretária Estadual de Saúde), ainda não há como afirmar a causa da morte do adolescente. Uma amostra de sangue foi encaminhada ao Lacen (Laboratória Central de Mato Grosso do Sul) e dada prioridade ao caso.

O último boletim divulgado pela secretária no fim do mês passado aponta que os casos de dengue em Mato Grosso do Sul acumulam queda em 2018. O documento traz 4.835 casos suspeitos de dengue, de janeiro até novembro. O número de casos é 13,05 % menor, que o mesmo período em 2017, quando 5.561 casos foram registrados.

Neste ano, a SES ainda não registrou morte por dengue. Em 2017, três pessoas morreram em decorrência da doença. No ano passado, 6.201 pessoas tiveram dengue e em 2016, 59.874 pessoas foram contaminadas.