04/12/2017 07h31 - Atualizado em 04/12/2017 07h31

Mega protesto contra o alto preço do combustível, leva moradores do estado do Mato Grosso do Sul ir em carreta ate a cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã para abastecer.


Por: poranews
Fotos Eliel Oliveira e Jovilson Gimenes Fotos Eliel Oliveira e Jovilson Gimenes

Ate o momento os organizadores não informaram o numero de veículos que teriam chegado a região de fronteira para abastecer pelo valor de 2,61 o litro da gasolina, mas estima se que mais de cinco mil veículos entre os que protestam e turistas chegaram nas primeiras horas da manha de domingo (03) na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã, onde os postos de combustível se encontram lotados de veículos.

Fotos Eliel Oliveira e Jovilson Gimenes Fotos Eliel Oliveira e Jovilson Gimenes

O protesto devera fazer com que o estado do Mato Grosso do Sul reveja os preços atuais do combustível no estado, caso isso não aconteça o fechamento das portas dos postos de combustível sera inevitável assim como na cidade de Ponta Porã, onde os empresários do setor trabalham no vermelho a vários meses ante o valor baixo do combustível oferecido em postos de combustível a menos de 100 metros da cidade brasileira de Ponta Porã.

Uma grande maioria da cidade de Ponta Porã optaram a vários meses em so cruzar a fronteira a comprar o combustível na cidade paraguaia situada a metros da fronteira, onde o posto de combustível da "Petrobras" oferece o litro a 2,62 reias.