27/06/2018 20h36 - Atualizado em 27/06/2018 20h36

Taxistas pedem apoio de vereadores para proibir entrada de aplicativos de transporte


Por: Da Redação

Cerca de 30 taxistas estiveram na Câmara Municipal de Três Lagoas nesta terça-feira (26) protestando contra a entrada de do "Undikar", aplicativo de transporte urbano que iniciou as atividades no município no ultimo mês.

Desde a criação do "Uber", os motoristas pedem a proibição de serviços deste tipo em Três Lagoas. Os taxistas afirmam que a concorrência é desleal já que precisam realizar anualmente cursos de direção defensiva, primeiros socorros alem de ter todos os alvarás quitados, exigências estas que tem um custo e geram diferença de preço entre os serviços, que chegam à 50%.

Em janeiro deste ano, a Câmara dos Deputados decidiu que aplicativos de transporte privado, como o Uber e 99POP, que já atuam em Campo Grande, serão isentos da utilização de placa vermelha e podem ser regulamentados pelos municípios.

A lei municipal nº 3106 de 19 de abril de 2016, aprovada pelos vereadores da Câmara de Três Lagoas determina a proibição do transporte remunerado de pessoas em veículos particulares cadastrados através de aplicativos para locais pré-estabelecidos. O documento foi encaminhado para sansão da então prefeita Márcia Mouro que não assinou os papeis e a lei não entrou em vigor.