30/06/2018 22h08 - Atualizado em 30/06/2018 22h08

Marido enfurecido que proibiu mulher de ir a igreja é preso em flagrante


Por: Da Redação
 
Foto: Ilustração Foto: Ilustração

A Polícia Militar de Três Lagoas foi chamada no final da tarde deste sábado no Residencial Novo Oeste, no Bloco "Arara" para resolver uma briga entre família.

No local, a equipe foi atendida pelo filho do casal que logo relatou que seu pai de 46 anos estava ameaçando de morte sua mãe de 41 anos, por ela estar "tratando" da educação dos seus outros filhos.

Diante a situação, o marido não gostou da atitude da esposa na questão da edudaçao com os menores e começou a ameaça-la de morte, além de proferir palavras de baixo calão contra a atual companheira.

O homem também revelou que ela - esposa - não iria mais a igreja e que iria trancá-la dentro da casa.

A polícia em conversa com o homem, o suspeito disse que falou isso apenas porque estava nervoso e que falou tudo da "boca pra fora' e que eles vivem juntos há 22 anos e que sempre discutem.

Em contato com o filho do casal, a criança revelou que presenciou toda a briga dos pais e que sempre protege sua mãe e que seu pai é muito agressivo com ela, e com os outros irmãos dele.

As partes foram levadas para a Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis. O homem foi autuado em flagrante por ameaça - violência doméstica.

A mulher quis representar criminalmente contra o marido e pediu contra o companheiro uma medida protetiva de urgência para garantir sua segurança.