28/10/2016 07h51 - Atualizado em 28/10/2016 07h51

Detentas de Três Lagoas recebem ações de combate ao câncer feminino


Por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira – Assessoria de Comunicação da Agepen MS
 

A Campanha de prevenção e combate ao câncer de mama, alusivas ao "Outubro Rosa", também está sendo realizada nas unidades prisionais femininas da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). As ações são coordenadas pela Diretoria de Assistência Penitenciária, por meio da Divisão de Saúde, e têm por objetivo incluir as mulheres em situação de prisão e ensiná-las a se conhecer melhor, fazendo o autoexame e enfatizando cuidados que fazem a diferença. As duas iniciativas mais recentes foram realizadas nos presídios de Jateí e Três Lagoas e também tiveram como foco o câncer de colo do útero.

No Estabelecimento Penal Luiz Pereira da Silva, em Jateí, as reeducandas participaram nessa quarta-feira (26) de atividades com várias palestras e sorteios de brindes. Foi uma ação conjunta entre o presídio e a Secretaria Municipal de Saúde. As reeducandas assistiram à palestra ministrada pelo médico Paulo Cesar F. Dutra e pela enfermeira Solange Paes, que fazem atendimentos regulares na unidade prisional. Os profissionais falaram sobre os números alarmantes do câncer de mama e de colo do útero, sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença.

Para a diretora do presídio, Solange Pereira da Silva, a campanha vem ao encontro do que é praticado no local, servindo como um complemento para as ações de rotina. "Na área da saúde as internas encontram total apoio já que há médico e técnica de enfermagem; todas as internas são avaliadas e fazem o exame do câncer do colo do útero já na triagem, o que preconiza a detecção de feridas e nódulos", destacou.

Aproveitando a oportunidade, a dentista que atende no local também falou sobre "Saúde bucal", como cuidados com a higiene bucal, o uso do tabaco e demais drogas. Também houve uma apresentação de danças pelas internas da escola, sob orientação do professor de Educação Física, Paulo Augusto Malaquias.

No Estabelecimento Penal Feminino de Três Lagoas (EPFTL), as internas participaram da Campanha "Outubro Rosa" na última segunda-feira (25), com a distribuição de lenços na cor rosa, confeccionados pelas próprias detentas, a fim de despertar em todos a importância da campanha; servidoras penitenciárias também foram presenteadas com o brinde.

Houve, ainda, palestra ministrada pela médica Tatiane Passalacqua, coordenadora do curso de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, campus de Três Lagoas que, além de abordar a temática da campanha, falou sobre doenças sexualmente transmissíveis e seus perigos. As reeducandas demonstraram grande interesse pelos temas, fizeram muitas perguntas e se mostraram bastante participativas.

A diretora do presídio, Leonice Miranda Rocha Guarini, garante que o Setor de Saúde da unidade está sempre buscando ações dessa relevância, com a finalidade de conscientizar e despertar as custodiadas para a importância da atenção da mulher à própria saúde.

As ações realizadas em Jateí e Três Lagoas são reflexo dos trabalhos que ocorrem em todos os presídios femininos do Estado, conforme destaca o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia. Segundo ele, a instituição tem buscado parcerias que assegurem uma maior atenção à saúde dessas custodiadas que, muitas vezes, não buscaram atendimento adequado quando estavam em liberdade. "No mês de outubro, por conta da campanha nacional, apenas intensificamos os trabalhos, mas esses cuidados já fazem parte da rotina de atendimentos em nossos estabelecimentos prisionais, com informações preventivas, realização de exames e tratamentos quando necessário", afirma.

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.