02/11/2018 12h49 - Atualizado em 02/11/2018 12h49

Acusado de estupro é libertado menos de 24 horas depois de ser preso


Por: Da Redação com fotos de TL Notícias

Acusado de estuprar duas estudantes de medicina da UFMS Três Lagoas, um jovem foi preso em flagrante na segunda-feira (29) e liberado durante audiência de custodia realizada menos de 24 horas após a sua prisão. A audiência foi realizada na 2ª Vara Criminal de Três Lagoas e foi presidida pela juíza Daniela Endrice.

O crime teria ocorrido durante a madrugada de segunda-feira (29) quando as vítimas dormiam em uma republica, localizada no bairro Vila Nova. As jovens participaram de uma festa no local e depois de ingerir bebidas alcoólicas foram para um dos quartos dormir, momento em que o jovem teria aproveitado para cometer o estupro.

As duas estudantes notaram que algo de errado havia ocorrido quando voltaram para casa, uma delas sentiu fortes dores na região intima enquanto a amiga notou uma secreção nas roupas que vestia.

O caso foi denunciado na Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM) que investiga o caso. A delegada responsável recolheu o lençol que estava na cama em que as meninas dormiram e as roupas que as vitimas usavam. O acusado foi preso no mesmo dia (29) na casa de sua mãe.

As duas estudantes passaram por exame de corpo de delito que comprovou o estupro, durante o procedimento foi coletada secreção vaginal das vitimas que serão analisadas.

Um grupo de estudantes se mobilizou e realizou um protesto na UFMS na noite de terça-feira (30) em apoio às estudantes estupradas e pedindo a expulsão do aluno acusado do crime.

O caso segue sob investigação.