31/03/2017 07h31 - Atualizado em 31/03/2017 07h31

Valores já estão em processo de liberação para crédito em conta ou saque nas agências da Caixa, lotéricas e correspondentes.


Por: G1

Beneficiários que anteriormente conseguiam ver o saldo da conta inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e agora alegam que o valor não aparece mais na consulta podem ficar tranquilos, segundo a Caixa. É que os valores já estão em processo de liberação para crédito em conta ou saque nas agências da Caixa, lotéricas e correspondentes.

As contas vinculadas ao FGTS, em processo de liberação, podem ser consultadas no serviço "Extrato Completo" no endereço "www.caixa.gov.br/fgts", onde será exibida a data em que o valor estará disponível para o saque.

SAIBA TUDO SOBRE AS CONTAS INATIVAS DO FGTS

De acordo com a Caixa, como o volume de dinheiro a ser liberado é expressivo, logo depois do carnaval o banco já começou a fazer gradualmente os débitos da conta do FGTS para as contas inativas com liberação em março. Por causa disso, o dinheiro não aparece no extrato de alguns trabalhadores. É que o dinheiro saiu da base do FGTS e foi para a base da Caixa para que possa ser sacado pelo beneficiário na hora.

Como os sites da Caixa e o aplicativo do FGTS vão buscar o saldo no sistema do fundo de garantia, dá a impressão de que essa conta foi sacada. Se vier a mensagem no aplicativo de que a conta foi debitada não é porque alguém debitou a conta, mas quer dizer que a conta está em processo de débito para ser paga na abertura do calendário.

Se o trabalhador correntista da Caixa não optou pela forma de recebimento, mas tem uma conta poupança, no primeiro dia do cronograma que corresponder ao mês do seu nascimento, os valores serão creditados na sua conta, segundo o banco.

Outras pessoas estão visualizando a seguinte mensagem na consulta do saldo: "Sua conta inativa está em processo de liberação para a data do seu calendário". Isso ocorre porque o dinheiro já está em processo para ser liberado, segundo a Caixa Econômica Federal.

Saques

O saque das contas inativas do FGTS começou no dia 10 para os beneficiários nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. O cronograma de saques se estende até o dia 31 de julho e varia de acordo com a data de nascimento dos trabalhadores. De acordo com a Caixa Econômica Federal, 4,8 milhões de beneficiários têm direito ao saque das contas inativas já neste mês, totalizando cerca de R$ 7 bilhões.