06/06/2015 19h55 - Atualizado em 06/06/2015 19h55

Assassino de Isis Caroline foi preso no bairro Vila Alegre em Três Lagoas

A reportagem do site TL Notícias obteve dados exclusivos que serão anunciados na coletiva de imprensa na capital, local onde a vítima morava

Por: Marco Campos com fotos de TL Noticias
 

A Polícia Civil de Três Lagoas prendeu neste sábado (06), o pedreiro A.A.A.S de 32 anos que é o principal suspeito de ter matado a ex-esposa Isis Caroline da Silva Santos de 24 anos, que estava desaparecido há cinco dias e teve seu corpo encontrado na madrugada de hoje atrás de um posto de combustíveis em Ribas do Rio Pardo-MS.

DADOS EXCLUSIVOS

Com exclusividade, a reportagem do site TL Noticias teve acesso as informações do caso e descobriu que o pedreiro foi preso às 13h de hoje no bairro Vila Alegre quando se preparava para fugir para São Paulo-SP.

Com ele, os policiais da Delegacia do Setor de Investigações Gerais (SIG) apreenderam dinheiro, que confirma a tese sobre sua fuga. Ainda não se sabe onde o acusado se escondeu em Três Lagoas e acredita-se que ele se abrigou em um apartamento no Residencial Novo Oeste, onde possui familiares. Em suas declarações, o suspeito revelou que a matou a ex-mulher pelos motivos de traição.

RECAMBIADO PARA CAMPO GRANDE

O site TL Noticias também obteve a informação que o homem foi recambiado para a Delegacia de Atendimento à Mulher de Campo Grande às 15h e neste domingo (07), deverá ser apresentado à imprensa da capital.

VIOLÊNCIA DENTRO DE CASA

O caso do desaparecimento de Isis Caroline da Silva chocou os moradores do "Residencial Castelo de Mônaco", local em que a moça morava com suas duas filhas.

Vizinhos da mulher lamentaram o crime e ainda estão chocados com tudo que aconteceu. Em 2014, o suspeito já teria torturado, estuprado e mantido sua companheira em cárcere privado, chegando a ter sua cabeça raspada pelo companheiro.

 

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.